página inicial | notícias | promoções

notícias

Especial: Chaves 30 anos no Brasil

Domingo, 24 de agosto de 2014


Por Felipe Ernesto

Redação Vila do Chaves

 

24 de agosto de 1984. Chaves estreava no Brasil no programa TV Pow, no canal TVS, antigo nome do SBT. O primeiro episódio exibido foi "O caçador de lagartixas".

 

No início da década de 80, a TVS fez uma parceria junto a Televisa, produtora dos seriados El Chavo del Ocho e El Chapulín Colorado, adquirindo várias novelas da emissora mexicana para serem dubladas e exibidas em português pelo canal de Sílvio Santos. Fitas dos seriados do garoto do barril e do super-herói atrapalhado vieram misturados num destes pacotes adquiridos. Seria por acaso?

 

Um episódio de cada seriado foi escolhido para ser dublado e exibido aos integrantes do alto escalão da TVS. Convocados por Sílvio Santos, diretores da emissora assistiram e foram direto ao assunto: as séries eram fracas e não fariam sucesso algum no Brasil. Cenários pobres, figurino mal feito, atores ruins...

 

Reza a lenda que foi José Salathiel Lage, diretor do núcleo de dublagem da TVS, que convenceu Sílvio Santos a dublar mais episódios e colocá-los na grade de programação. Assim, El Chavo del Ocho se tornou Chaves, e El Chapulín Colorado virou apenas Chapolin.

 

Episódios das duas séries começaram a ser dublados no final de 1983, nos estúdios MAGA, que pertenciam à TVS. A direção da dublagem ficou por conta de Marcelo Gastaldi (a voz de Chaves), Nelson Machado (Quico), Potiguara Lopes e Osmiro Campos (os dois dubladores do Professor Girafales). Mário Lúcio de Freitas ficou responsável pela sonorização e arranjos musicais dos episódios.

 

Em agosto, as duas séries iam ao ar pela primeira vez e, desde o início, encantaram os brasileiros. Em uma época sem internet, muitos acreditavam que Chaves e Chapolin eram produções nacionais. Os seriados eram transmitidos intercalados na programação. Chaves ia ao ar às segundas, quartas e sextas, e Chapolin ficava com as terças, quintas e sábados.

 

O caçador de lagartixas: primeiro episódio de Chaves exibido no Brasil

 

Desde então, durante estes longos 30 anos as duas séries foram e voltaram inúmeras vezes na (nem sempre eficiente) programação do SBT. Horários de exibição também mudaram muito durante os anos: manhãs, tardes, madrugadas, sábados, domingos...

 

Desde 2010, Chaves e Chapolin perderam a "exclusividade" com o SBT. As duas séries foram exibidas por vários canais desde então: Cartoon Network, TLN, TBS e Boomerang. Muitas empresas também aproveitaram o sucesso das produções mexicanas e lançaram produtos relacionados às séries nos últimos anos. De livros e DVDs a chicletes e álbuns de figurinhas, os fãs tiveram inúmeras opções de colecionar itens de seus personagens favoritos.

 

Atores como Edgar Vivar (Seu Barriga), Carlos Villagrán (Quico) e Maria Antonieta de las Nieves (Chiquinha) viraram brasileiros ao visitarem por várias vezes o nosso país, seja para se apresentarem em shows ou em programas de televisão.

 

Uma obra estrangeira ficar trinta anos praticamente ininterruptos em exibição na televisão brasileira não é pra qualquer um. Isso mostra a força e o apelo que as séries de Chespirito possuem em sua essência.

 

Que venham mais 30!