página inicial | notícias | promoções

piadas sem sentido

 

Na explicação de hoje iremos descobrir se é verdade que se as capivaras tivessem trombas seriam elefantes. Pra começar, vamos relembrar o diálogo entre Chiquinha e Seu Madruga:

Chiquinha: - Me diga papi, por que os pássaros voam?
Seu Madruga:
- Porque eles tem asas.
Chiquinha:
- Me diga papi, por que os pássaros tem asas?
Seu Madruga:
- Pela mesma razão que os elefantes tem trombas.
Chiquinha:
- E por que os elefantes tem trombas?

Seu Madruga: - Porque se não tivessem trombas seriam capivaras.

Chiquinha: - E se as capivaras tivessem trombas seriam elefantes?

Seu Madruga: - Não. Seriam trapezistas de algum circo tchecoslovaco.

Assista no vídeo abaixo:

 

 

Será que um elefantes sem trombas parece com uma capivara? No espanhol, é um pouco diferente. Confira, aos 11:39:

 

 

O início do diálogo entre pai e filha é idêntico ao português. A coisa começa a mudar quando Chiquinha pergunta o porquê dos elefantes terem trombas. Seu Madruga responde: "porque se não tivessem seriam huachinangos". Huachinango é um peixe bastante comum no litoral mexicano e pode chegar a pesar 20 kg. Por isso a comparação entre o peixe gigante e o elefante.

 

Em seguida, Chiquinha pergunta "e se os huachinangos tivessem trombas seriam elefantes?". Seu Madruga responde: "não, seriam tramoyistas de algum circo tchecoslovaco".

 

Tramoyistas pode ser traduzido livremente como "pessoa que monta e desmonta cenários", no Brasil conhecido como contra-regra. O sentido acaba sendo o mesmo tanto em português como em espanhol, pois trapezistas ou tramoyistas denotam que Seu Madruga queria dizer algo completamente sem sentido para expulsar logo sua filha do pátio e continuar trabalhando em paz.

 

Então ficamos por aqui! Quer saber o significado de outras piadas sem sentido? Ainda ficou em dúvida sobre a explicação de hoje? Envie sua sugestão ou comentário através da nossa página de contato.


* Com informações de Felipe Held, do blog "Cavaleiro com Solitária" - Acesse: www.cavaleirocomsolitaria.blogspot.com.br